{RESENHA} A Lista do Nunca - Koethi Zan

junho 16, 2017

Título: A Lista do Nunca
Autora:  Koethi Zan
Editora: Paralela
Número de Páginas: 272
Ano de Publicação: 2013
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon | Submarino | Saraiva
Nota:  4,0 
Sinopse: Depois de um acidente de carro que sofreram quando ainda tinham dez anos, Sarah e Jennifer, amigas inseparáveis, passaram anos escrevendo o que chamaram de Lista do Nunca: uma lista de ações e atitudes que deveriam ser evitadas, a qualquer custo, para que se mantivessem sãs e salvas. Numa noite, no entanto, ao entrarem em um táxi, o destino das duas garotas as levou a um lugar que certamente não considerariam nem um pouco seguro. Sequestradas por um homem frio e adepto do sadismo, elas ficam acorrentadas em um porão com mais duas garotas por três anos. Dez anos depois de conseguir fugir, Sarah ainda tenta levar uma vida normal. Seu sequestrador, porém, está prestes a conseguir uma condicional e mais do que preparar um belo discurso de vítima, Sarah sente que este é o momento de agir. Para isso, vai enfrentar seus terríveis traumas em busca de uma história que nunca fora revelada.
 


O livro começa contando a história de duas amigas: Sarah e Jennifer (Jenny) que sofreram um acidente de carro quando ainda crianças, o que acabou tirando a vida da mãe de Jennifer, por isso foi morar com sua amiga. Logo após o acidente, elas decidiram criar a chamada “Lista do Nunca”, que consiste em uma série de regras para evitar uma catástrofe, ou seja, sempre se mantendo seguras.

Entretanto quando chegaram à faculdade com o passar do tempo ficaram um pouco menos “cuidadosas” digamos assim, causando um desastre na vida dessas garotas. Entrando em um táxi sem conferir direito se estavam no carro certo e acabam sendo sequestradas.

"Afinal, quais são as chances de justamente duas garotas tão entendidas em desastres serem suas vítimas?"

Logo, se passaram 10 anos desde o sofrimento passado no porão do seu sequestrador (Jack), porém ele está prestes a ser solto, e com isso Ssrah junta forças que não tinha, mesmo com medo do mundo, e começou a investigar a fim de mantê-lo na prisão, e a principal coisa que quer descobrir é (alguns podem levar isso como spoiler, mas acho que não): onde está enterrado o corpo de Jennifer?

Tracy e Christine, outras garotas que viveram no porão ajudam Sarah, elas demoraram um pouco para se juntarem a essa investigação, principalmente a Chris, mas graças a essa união conseguiram desvendar grandes coisas.

“Para nós, não existia essa coisa chamada destino. Destino era uma palavra que as pessoas usavam quando não estavam preparadas, quando eram negligentes, quando paravam de prestar atenção. Destino era uma muleta para os fracos.”

"Foi uma ingenuidade. Pensar que ser estuprada por uma gangue pudesse ser a pior coisa do mundo." Esse é um trecho do livro na minha opinião impactante, eu não quero falar sobre pois é uma das principais coisas que vai acontecer na estória, mas percebemos que existem gente realmente doente, já que não consigo uma melhor palavra para definir pessoas assim.
O livro é narrado pelo ponto de vista de Sarah, vai de lembranças ao presente, mas em momento algum a leitura se complica, pelo contrário, muito rápida e viciante, lógico que temos que ir montando o quebra-cabeça, mas mesmo assim. Estou completamente apaixonada, é um tipo de livro que as pessoas ou odeiam ou amam. Foi o primeiro livro thriller psicológico que li e encantou meu coração, aceito dicas de livros assim. Devo dizer também que criei uma teoria para o final, e em partes acertei o que me surpreendeu, e foi muito “uau”, para não dizer mais. 

Veja mais posts

6 comentários

  1. Oi, Letícia!
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas me pareceu bem interessante pela sua resenha.
    Eu amo thriller psicológico! E já que nunca leu livros desse gênero, aproveito para recomendar "O sorriso da hiena" do Gustavo Ávila, que é realmente incrível! E "A garota no trem" da Paula Hawkins.

    Beijos,
    Universo Tácito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      Leia, eu gostei bastante dele. Obrigada pelas indicações, tenho que ler mais livros assim.

      Beijos.

      Excluir
  2. OI Lety...

    Eu amei sua resenha e parece ser impactante e temos que ser forte para ler esse livro, porque não é fácil deparar com temas tão fortes abordados nesse livro. Fiquei muito curiosa para saber onde e o que aconteceu com o corpo da jenniffer, adicionado na listinha.

    OBS: Tem o mesmo nome que o meu kkkkkk

    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jhe,

      Você vai se surpreender sobre o que aconteceu com o corpo dela haha. Leia ele sim.
      Sim, na hora que eu li lembrei de você na hora <3.

      Beijos.

      Excluir
  3. Amei! Amo livros com gênero policial. Seria um pequeno spoiler mas nada tão "uau", é o que basicamente aconteceria com uma das duas. Sim, realmente as pessoas que fazem isso são doentes e psicopatas e infelizmente, no mundo, estão cheios disso.
    Ótima resenha.

    sinopsedoslivrosjenni.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e volte sempre.